Sobre / O Escritório

Corria o final dos anos 60 quando um jovem, em vias de se formar pela Universidade Federal do Paraná, atravessava estradas precárias, dividindo-se ao meio para concluir seu curso de Direito e já poder prestar os primeiros atendimentos jurídicos na pacata Jaraguá do Sul.

Max Bornholdt aceitara ali o convite de seu amigo e colega, o então advogado e professor Luiz Henrique da Silveira, e abrira naquela cidade uma filial do escritório já conhecido em Joinville.

Imbuídos do senso de justiça que lhes era inato, depois lapidado na faculdade e na carreira, insurgiam-se contra os desmandos de um governo autoritário, lutando pelos direitos dos indivíduos e das empresas, fosse na área tributária, fosse na cível, esporadicamente na penal.

Em 1974, Max passou a liderar o escritório. Esteve, por mais de vinte anos, sempre com um ou dois sócios, atuando fundamentalmente no direito privado e no direito tributário. O escritório passou a contar com extensa clientela em Joinville e região.

Em 1995, agrega-se ao escritório, vindo também de estudos em Curitiba, o sócio Rodrigo Meyer Bornholdt.

O escritório passou a atuar com mais ênfase no direito empresarial e direcionou também seu foco para o direito constitucional e administrativo.

A partir de 1998, o escritório aumenta sua equipe e começa a abandonar o modelo de um escritório artesanal. Novos sócios são incorporados. Dos amig@s que por aqui passaram, remanescem Karla, Demétrio e Geraldo. E se incorporaram, recentemente, Débora, João Fabio e Nestor.

Em 2003, Max, em vista de sua experiência no trato com o ICMS, assumiu a Secretaria da Fazenda de Santa Catarina. Várias medidas decisivas, tomadas durante sua gestão, persistem até os dias atuais, possibilitando a geração de mais emprego e renda para os catarinenses.

Nosso escritório destaca-se por sua atuação criativa e inovadora. Fomos pioneiros nas ações contra a supressão do pagamento de royalties do gás e do petróleo a Municípios de vários estados brasileiros; fomos um dos primeiros a atentar para a espoliação de acionistas minoritários por grandes grupos econômicos; e lutamos em ações coletivas para que os comerciantes sejam respeitados pela poderosa indústria dos cartões de crédito.

Somos hoje um time com cerca de 25 pessoas, dos quais 11 advogados. Um escritório de porte médio, que dá atendimento personalizado a seus clientes e conhece os problemas e as particularidades de Joinville e de Santa Catarina, projetando-se em vários temas e tópicos relevantes da vida nacional.

Por tudo isso, temos o maior orgulho de nossas conquistas e temos um ideal, que norteia nosso dia a dia: ser reconhecido como um escritório inovador, criativo e eficaz, empenhado na defesa da liberdade, do empreendedorismo e no aprimoramento das conquistas de cidadania de nosso país.